segunda-feira, novembro 08, 2010

falta juízo, sobra amor.

Mãe nem um pouco convencional.
Talvez o culpado seja os 20 e poucos anos embalados aos som dos choros, trocas de fraldas, mamadeiras e chupetas. Talvez eu seja assim pelo simples fato de ser assim. É, acho que é isso. Sou assim porque sou assim. Sempre fui assim. Faltou juízo, sobrou amor. A maternidade é só mais um entre tantos casos. Faltou juízo na hora de 'confeccionar', sobrou amor na hora de assumir.
E é tanto amor e tão pouco juízo que eu me nego a ser igual, uma mãe padrão que morre de medo de embalar o filho ao som de suas músicas prediletas (ok, também não sou tão no sense! Eu escolho a dedo tudo que vai ser compartilhado), que dança sem parar, vira de cabeça pra baixo na rede (para ver o mundo ao contrário), canta a galinha pintadinha aos gritos, faz adaptações geniais das histórias e contos clássicos ('Era uma vez... uma princesa chamada Lara... e... e... - já era, filha, não sei contar história assim!). Rolamos na areia, passeamos na corcunda, comemos batata frita escondido da avó (avó é avó, né?), comidinhas gostosas vira moeda de troca na hora do escândalo...
Não tem como explicar... a minha relação com a filha é diferente, algo que ultrapassa o amor hierárquico a que estamos sempre impostos. Apesar de muitos julgarem a minha relação e o meu jeito, há respeito, amor, amizade e autoridade no nosso relacionamento, em todos os aspectos somos mãe e filhas como qualquer outra, a grande diferença é na verdade muito pequena:
Não tenho receio em demonstrar que dentro de uma pessoa tão jovem há um grande amor de mãe. Sou uma grande aprendiz do amor de Lara. 


O maior amor do mundo.

6 comentários:

EvELLyN disse...

Muito legal sua relação com sua filha, acho lindo.
Vi uns videos de vcs e vim como vcs se interagem, achei perfeito.

Tenho certeza que vc é uma ótima mãe, e futuramente vcs serão ótimas amigas.

Boa noite,


Grande abraço.

Marília disse...

Amiga, cada vez te admiro mais! Amo demais vcs duas! =***

Tatiane Garcia disse...

Acima de tudo, seja feliz e faça Larinha feliz!!!
Só não vá me entupir a criança de açúcar hein??? kkkkkkkkkkkk senão eu puxo sua orelha...kkkkkkkk
brincadeirinha, tenho certeza q vc é uma ótima mãe-menina!!!
Como disse a amiga aí em cima, vcs serão ótimas amigas no futuro!!!

Natália disse...

Ananda, sempre que venho ao seu blog me deparo com coisas lindas: layout, textos, imagens, sons, vídeos...

Parabéns, você é um exemplo de persistência, alegria e, como eu já disse antes, até incentiva a pessoas como eu a querer ser mãe um dia.

Abraços e torço para que continue com seu jeito único e diferente.

Tatiane Mamãe do Gustavo. disse...

Oi Ananda...Tenho certeza que você e uma grande Mãe e a Lara se orgulha muito de ter vc com o jeitinho que você é..bjus Tati Mamãe do Gustavo!

Daiana M. Santos disse...

Que lindo amiga... espero ser assim com a Isabella, ser eu mesma, ser divertida, ser amiga e ser mãe claro...kkkkk
agora a unica coisa que fazemos igual é "chorar" agora ela chora mais do que eu,mais te confesso que cheguei a chorar mais do que ela! não sei se foi a imaturidade dos 20 e poucos,ou a surpresa de que bebês choram coisa que eu nunca tinha vivenciado dessa maneira... hoje está bem mais facil :) Graças a Deus!!!

Adorei essa foto
Bjos