sexta-feira, outubro 15, 2010

Acho que vou enlouquecer.

Quem irá me defender?

Estou a beira do abismo da l-o-u-c-u-r-a!
Nunca imaginei que ser mãe pudesse ser tão cansativo, e sem mentiras no momento eu estou cansada. Não que eu queira voltar atrás, só precisava de uma pessoa que me falasse baixinho que tudo isso vai passar... pode gritar também, se for preciso, mas a gritaria interna já está grande demais por aqui.

Alguém pode me dar um calmante materno?

2 comentários:

Mamãe Mari e Pedrinho Facco disse...

Oi Ananda!
Nada mais contraditório do que "SER MÃE"...
Mulher que pensa com o coração, age pela emoção e vence pelo amor.
Que vive milhões de emoções num só dia e transmite cada uma delas, num único olhar.
Que cobra de si a perfeição e vive arrumando desculpas para os erros, daqueles a quem ama.
Que hospeda no ventre outras almas, dá a luz e depois fica cega,diante da beleza dos filhos que gerou.
Que dá as asas,ensina a voar mas não quer ver partir os pássaros,mesmo sabendo que eles não lhe pertencem.
Que se enfeita toda e perfuma o leito,ainda que seu amor nem perceba mais tais detalhes.
Que como uma feiticeira transforma em luz e sorriso,as dores que sente na alma,só pra ninguém notar.
E ainda tem que ser forte,pra dar os ombros para quem neles precisa chorar.
Feliz daqueles que por um dia souber,entender a alma de uma Mãe!

beijinhos

Anônimo disse...

tudo isso passa! Relaxa q tudo fica bem! Beijo na testa e no olho!