quarta-feira, dezembro 01, 2010

SEJA melhor.

Pós café da manhã sigo correndo para a porta. O trânsito não vai dar desconto! Meia hora para chegar no centro, contabilizando uma hora de atraso no trabalho. Espero não ser vista, nessas horas adoraria ter o poder do teletransporte. Ao chegar na saída vejo uma das cenas mais bonitas do dia. Seus cabelos cacheadinhos crescem para cima, formando um fuá estiloso, o fio fininho embaraça em formato aspiral e seus olhos demostram todo o cansaço das horas mal dormidas. É Lara deitada na rede, embalada pela avó, que carinhosamente acaricia a sua pele.
-"Ela parece muito com você, é como reviver o passado", minha mãe não contém a emoção. 
Sem pensar duas vezes, como de costume, respondo rápido;
-"Minha filha, seja melhor"

Foi aí que eu me dei conta que ser mãe é querer que uma pessoa minúscula tenha os seus olhos, a sua boca, o seu cabelo, os trejeitos, mas que nunca, nunca, nunca, definitivamente nunca, seja igual a você. Melhor, minha filha, seja melhor, muito melhor. 
O mais interessante é que como ser humano somos condicionados ao egoísmo e ser mãe é viver espontâneamente a generosidade. "Aquela pessoinha pode ter meu sorriso, mas não desejo à ela os meus defeitos", suponho que seja essa a tatuagem desenhada na alma do coração de uma mãe.   

5 comentários:

Tariane mamãe do gustavo! disse...

Oi Ananda!
Então querida acho que todas nos mamães somos assim querendo que nossos filhos sejam melhor do que agente somos e fomos,querendo que não repitam os mesmos "erros"...acho que acaba sendo natural...Bjus e um otimo fim de semana pra você e pra Lara!

EvELLyN disse...

Nossa que LINDO!
Acho suas postagens chéia de poesias, amo.
...

É verdade sempre si quer o melhor para o filho, que ele seja sempre Melhor.

...

Bjusss

Daiana M. Santos disse...

Nossa querida não tinha pensado nisso... mais é a pura verdade, queremos sempre o melhor p/ nossas filhas e não cometer os mesmos erros ou ter os mesmos defeitos é uma coisa que não queremos p/ elas.

Bjoss

Anônimo disse...

Lindo sua forma de escrever sobre a relação mae e filha

Anônimo disse...

Linda a sua forma de escrever sobre a relação mae e filha